Iniciativas de orquestras aproxima o público da música clássica

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email

O surto mundial de Covid-19, o novo Coronavírus, está gerando uma pausa em diversos setores, inclusive o de cultura. Por conta disso, muitos estão se reinventando para continuar atraindo o público e mais interação.

Em outros textos, mostramos as medidas tomadas pelos museus e teatros através da produção de conteúdo gratuito online para o público que está em casa. Vocês sabiam que tem até orquestra produzindo material online para divulgar seu trabalho e não perder a interação com o público?

Um exemplo dessa alternativa é a Orquestra do Metropolitan Nova York que está oferecendo diariamente, sem custo,  vídeos de ópera que ficam disponíveis por 24 horas, incluindo uma semana inteira dedicada a Richard Wagner e a própria abertura da temporada de 2020 da Osesp (marcada com a estreia de Thierry Fischer como regente da orquestra. Wilhelm Richard Wagner foi um maestro, compositor, diretor de teatro e ensaísta alemão, primeiramente conhecido por suas óperas.

Segundo matéria realizada pela Folha de S. Paulo, existem duas análises em relação a esse cenário. A primeira é que a experiência acústica é diferente quando se passa ao vivo do que quando é registrado em vídeo.

Porém, o segundo ponto a ser analisado é “positivo”, porque os vídeos não serão apenas oferecidos como uma maneira de entreter quem está em casa, mas também servirá para chamar a atenção de órgãos públicos e privados para as consequências do cancelamento dos concertos.

“Por isso algumas dessas orquestras têm sugerido a doação do valor dos ingressos cancelados para a própria orquestra —a Sinfônica de Chicago é um exemplo. E é mais o desespero do que a generosidade que move tantos músicos a divulgar de graça vídeos, aulas e lives.”, afirma o veículo.

Outro exemplo que vamos citar é a Orquestra Sinfônica de Mogi das Cruzes que também suspendeu seus ensaios e apresentações devido ao surto de Covid-19, o novo coronavírus.

Para não parar todas as atividades, os professores estão realizando aulas online para os alunos e fazendo todas as reuniões via internet.

A orquestra já realizou apresentações na Sala São Paulo, um dos principais espaços de música clássica do Brasil.