Com novo programa, gestão Covas quer estimular ‘ocupação’ das ruas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Com novo programa, gestão Covas quer estimular ‘ocupação’ das ruas

ver matéria completa

Estimular a ocupação do espaço público, as atividades esportivas e brincadeiras, aos sábados e domingos em diversas ruas da capital. Foi com esse objetivo que a Prefeitura de São Paulo, por meio das Secretarias Municipais de Esportes, Lazer e Cultura, lançou, nesta segunda-feira (9), o Programa Rua da Gente.
 
De acordo com prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), o investimento para esse programa é de R$ 2,5 milhões, até agora sem a ajuda da iniciativa privada, e deve beneficiar as regiões mais pobres da cidade. ”Nós vamos ter 320 edições, 100 neste ano e 220 no ano que vem, praticamente quatro por final de semana, emt odos os canos da cidade de São Paulo, em especial nas regiões mais periféricas, que tem menos oportunidades e equipamentos culturais e esportivos”, explicou.
 
As atividades serão divididas em quatro polos. Práticas esportivas, como atletismo, basquete, futebol, futsal e lutas; lazer, com brincadeiras tradicionais, como pega-pega, esconde-esconde, gincanas e oficinas de artesanato; atividades corporais, como alongamentos, exercícios funcionais, crossfit e street dance; e, por último, atividades complementares, como as práticas terapêuticas, danças e meditação.
 
O projeto Rua da Gente poderá realizar sua programação nos mais variados espaços abertos da cidade como ruas, praças e clubes municipais, que tenham uma infraestrutura básica para a pratica dessas atividades.